Publicidade
Publicidade

30/05/2022 16:48h - Brasil - Coluna Social

Ator Milton Gonçalves morre aos 88 anos no Rio de Janeiro

Ator se recuperava de um AVC sofrido em 2020 e faleceu no Rio de Janeiro - Foto: Cesar Albves / TV Globo.

O ator Milton Gonçalves morreu nesta segunda-feira, 30, aos 88 anos. De acordo com informações da Globo, o ator faleceu às 12h30, no Rio de Janeiro, de causas naturais. Ele sofria com problemas de saúde após sofrer um AVC em 2020. Na ocasião, o artista chegou a ficar três meses internado. Milton deixa os filhos Alda, Maurício e Catarina. Nascido em 1933, em Minas Gerais, Milton Gonçalves foi contratado pela Globo em 1965. Entre os personagens de destaque, o ator interpretou o Zelão das Asas ('O Bem-Amado') e o médico Percival ('Pecado Capital'), além de integrar as primeiras versões de 'Irmãos Coragem' (1970), 'A Grande Família' (1972) e 'Escrava Isaura' (1976). O ator também esteve presente em outros sucessos de audiência, como 'Baila Comigo' (1981), de Manoel Carlos, 'Sinhá Moça' (1986) de Benedito Ruy Barbosa, e 'A Favorita' (2008), de João Emanuel Carneiro. A última novela Milton na TV Globo foi dando vida ao catador de materiais recicláveis Eliseu em 'O Tempo Não Para', em 2018. Ele ainda interpretou um Papai Noel no especial Juntos a 'Magia Acontece', que foi ao ar no fim de 2019. Em 1994, Milton se candidatou ao governo do Rio de Janeiro em 1994. Atualmente, ele ocupava um cargo na diretoria do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio de Janeiro (Sated/RJ). Em 2017, ele chegou a ser nomeado presidente do Teatro Municipal do Rio, mas não assumiu o cargo. A decisão foi tomada porque Milton era membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, órgão consultivo da Presidência da República, e o acúmulo da função de presidente do Municipal configuraria "conflito de interesse".
Publicidade

Fonte: Terra

Publicidade

Notícias relacionadas

Publicidade