Rondônia, 28 de fevereiro de 2021

NOTÍCIAS

21/01/2021 15:08

Cacoal

Acusados de tráfico de drogas são condenados em Cacoal

Acusados de tráfico de drogas são condenados.

Acusados de tráfico de drogas são condenados em Cacoal

Os réus Lucas Henrique Ramos da Silva e Wesley Buiarski Wernerck, acusados de tráfico de entorpecentes, foram condenados em sentença prolatada pelo Juiz da 2ª Vara Criminal da Comarca de Cacoal - RO, Ivens dos Reis Fernandes.

Lucas, que tem antecedentes criminais (processo n. 0002288-47.2019.8.22.0007) e é reincidente (no processo n. 0000760-12.2020.8.22.0007), foi condenado a 6 anos e 5 meses de reclusão, assim como a uma multa de 22 mil reais. Já o Wesley, reincidente no processo criminal n. 1001850-72.2017.8.22.0007, foi condenado a 5 anos e 10 meses de reclusão, mais multa de 20 mil reais.

Na mesma sentença, Wesley e Lucas, por falta de prova, foram absolvidos da acusação de associação para o tráfico. Andressa Almeida Dias, que figura no mesmo processo, também acusada de praticar os crimes de tráfico e associação para comercialização de drogas, foi absolvida de todas as acusações.

Segundo a sentença, inquérito policial aponta que Wesley e Lucas vendiam drogas. Na posse deles foram apreendidos 440g de maconha e 6,5 g de cocaína. Além disso, foi apreendida a quantia de 2 mil e 837 reais; um cheque de 120 reais, dentre outros objetos de origem duvidosa. As apreensões foram efetuadas nas residências dos acusados, no dia 22 de fevereiro de 2020, na cidade de Cacoal – RO.

A sentença narra que “os réus cumprirão a pena inicialmente em regime fechado”. Pois, “na medida em que os réus responderam presos ao processo, não há razões para conceder-lhes a soltura, notadamente após a sentença condenatória e a fixação do regime fechado para o início do cumprimento da pena”. Além disso, segundo a decisão, os réus são reincidentes e a reiteração criminosa indica a necessidade da prisão como forma de garantia da ordem pública, por meio da qual não se busca, “afastar a repetição da conduta, mas também salvaguardar a própria sociedade”.

A sentença, proferida no dia 18 de janeiro de 2021, foi publicada no Diário da Justiça de terça-feira, 19 – páginas 780 a 785. Da sentença, cabe recurso.

Ação Penal n. 0000547-35.2020.8.22.0007.


Fonte:TJ/RO





Últimas notícias

Carregando...

Notícias relacionadas

Carregando...
Carregando...