Rondônia, 03 de agosto de 2021

NOTÍCIAS

18/06/2021 09:10

Porto Velho

Corpo de Bombeiros abre processo seletivo para profissionais da Engenharia

Engenheiros contratados temporariamente irão atuar na análise de Projetos de Proteção Contra Incêndios e Pânico (PPCIP) do CBM.

Corpo de Bombeiros abre processo seletivo para profissionais da Engenharia

O Governo de Rondônia, por meio do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), abriu um Processo Seletivo Simplificado para contratação de profissionais temporários para atuar na área de análise de Projetos de Proteção Contra Incêndios e Pânico (PPCIP) do órgão de defesa. De acordo com o edital, são ofertadas quatro vagas para pessoas formadas em Engenharia Civil e Engenharia Elétrica, que serão lotados na capital Porto Velho e nos municípios de Vilhena e Ji-Paraná, e a remuneração chega a mais de R$ 5.500.

Foram disponibilizadas 12 vagas para cadastro reserva e os aprovados terão que atuar nas dependências onde estão sendo oferecidas as respectivas vagas. A duração do contrato terá validade de até três anos, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual, a contar da data de assinatura do contrato.

Segundo o analista, capitão BM Sérgio Felipe Furukawa, os profissionais que estão sendo solicitados no edital irão trabalhar de forma administrativa, mais precisamente, no Centro de Análises de Projetos que é vinculado à Coordenadoria de Atividades Técnicas do CBM. “Na nossa corporação, obrigatoriamente, deve ter um bombeiro militar formado em Engenharia, considerando que esta parte de análise é feita por um profissional formado na área. A seleção visa contratar pessoas civis que tem esta formação e experiência para contribuir nas análises dos projetos de proteção contra incêndios e pânico viabilizado pela nossa entidade pública”, explica.

Ainda, conforme o capitão, a contratação temporária é de extrema importância, tendo em vista que no Estado existem várias empresas e instituições privadas que precisam ter seu PPCIP devidamente regularizado e o Corpo de Bombeiros Militar é o órgão público que atua diretamente na fiscalização destas empresas.

Em situações em que o bombeiro militar visita determinado local, e o responsável pelo mesmo não apresenta o documento, existe o risco do espaço ser fechado, o que gera uma desordem econômico-financeira para toda a região. “A função de fiscalização é exercida exclusivamente por nós, na qual conseguimos desenvolver as análises dentro dos prazos estabelecidos, sem prejudicar a regularização das empresas”.

O candidato poderá concorrer apenas para uma localidade, levando em consideração o tipo de graduação. Caso ele possua as duas graduações (Civil e Elétrica), poderá participar para uma localidade na vaga de Engenharia Civil e para Engenharia Elétrica, segundo o dispositivo 3.1 do edital. A carga horária do profissional contratado é de 40 horas semanal, e sua distribuição acontece conforme tabela apresentada logo abaixo.

INSCRIÇÃO

A inscrição é on-line e estará aberta a partir do dia 18 de junho, segundo edital de retificação publicado recentemente, na qual é reorganizado o quadro de prazos de inscrição e demais etapas do processo simplificado.

O interessado irá preencher um formulário em uma plataforma digital e logo após, deverá anexar alguns documentos comprobatórios necessários para comprovar que preenche os requisitos, como: comprovantes de escolaridade (nível superior); currículo (o qual foi preenchido no ato da inscrição) e Carteira de Identidade Profissional (CREA-RO).

Somente após a divulgação da homologação das inscrições, previsto para o dia 6 de julho, os candidatos serão convocados para participar das etapas de seleção. O CBM disponibiliza o telefone (69) 3216-2259 para eventuais dúvidas e esclarecimentos sobre a inscrição e o processo seletivo em geral.

ETAPAS DA SELEÇÃO

O processo de seleção acontece por meio de Avaliação de Títulos, cabendo uma comissão especializada do órgão de defesa conduzir este trâmite. A seleção será dividida em duas etapas, sendo a primeira consistindo na apresentação de currículo, registro em carteira de trabalho, comprovação de experiências profissionais e entre outros requisitos apresentados no dispositivo 4.2 a do edital. A segunda fase trata-se de uma entrevista técnica acerca dos conhecimentos do respectivo candidato a ser realizada presencialmente no Comando-Geral do CBM, localizado na Avenida Campos Sales, 3254, bairro Olaria, em Porto Velho.

A primeira etapa atuará como triagem, e a segunda de caráter mais classificatório. O candidato que tiver sua inscrição homologada, e não comparecer em qualquer uma das fases resultará na sua desclassificação. No item 4 do edital, os interessados podem conferir como funciona o passo a passo para alcançar a somatória de pontos que gera aprovação.

Veja mais clicando aqui.


Fonte:SECOM





Últimas notícias

Carregando...

Notícias relacionadas

Carregando...
Carregando...