Publicidade
Publicidade

01/08/2022 20:27h - Estados Unidos - Mundo

EUA matam Ayman al-Zawahiri, líder da Al qaeda após morte de Bin Laden

Biden fará discurso à nação para falar sobre operação

Os Estados Unidos conduziram uma "operação de sucesso" contra um alvo "significativo" do grupo terrorista Al Qaeda no Afeganistão e o presidente do país, Joe Biden, fará um discurso para detalhar o ataque nesta segunda-feira (1º), anunciou a Casa Branca. Segundo a agência de notícias Associated Press, trata-se de Ayman al-Zawahiri, que assumiu a liderança do grupo após a morte do antigo líder, Osama bin Laden, em 2011. A "Fox News" e "CNN" também confirmam o nome do assassinado e dizem que ele foi morto em uma operação com drones conduzida pela CIA. O chefe terrorista era médico pessoal de Bin Laden e era considerado um dos primeiros membros da organização ainda no fim da década de 1990. Toda a sua vida desde a adolescência foi dedicada ao extremismo islâmico, tendo sido parte da Jihad Islâmica e o responsável por fundi-la à Al Qaeda. "No fim de semana, os Estados Unidos conduziram uma operação de contraterrorismo contra um representante significativo da Al Qaeda no Afeganistão. A operação foi um sucesso e não houve mortes entre civis", disse um militar sênior do país à mídia. A notícia sobre o ataque vem cerca de duas semanas antes do primeiro aniversário da retomada do poder pelos extremistas do Talibã em Cabul, ocorrida em 15 de agosto do ano passado. A caótica retirada das forças ocidentais, finalizada no dia 31 do mesmo mês, ocorreu após 20 anos de ocupação sob liderança dos EUA. Nos últimos meses, as forças norte-americanas têm usado drones ou feito operações relâmpago contra líderes de grupos terroristas que atuam na região, como chefes do Estado Islâmico da Síria ou do Iraque.
Publicidade

Fonte: Terra

Publicidade

Notícias relacionadas