Rondônia, 10 de agosto de 2020

NOTÍCIAS

13/01/2020 15:12

Alasca

Homem sobrevive por 23 dias em área remota no Alasca

Homem sobrevive por 23 dias sozinho no Alasca e é salvo após escrever SOS na neve

Homem sobrevive por 23 dias em área remota no Alasca

Um homem foi resgatado no Alasca após passar aproximadamente três semanas sozinho depois que um incêndio queimou sua casa, matou seu cachorro e o deixou sem muita comida, roupas ou abrigo.

O norte-americano Tyson Steele, 30 anos, foi encontrado entre os escombros de sua remota propriedade no Vale Susitna na manhã de quinta-feira (9), de acordo com um comunicado de imprensa do Alaska State Troopers, depois que amigos pediram às autoridades que realizassem uma verificação para ver se ele estava bem, pois, não tinham mais notícias dele.

Em imagens aéreas compartilhadas pelos soldados, Tyson sai entre os restos cobertos de neve de sua casa, acenando para os soldados em um helicóptero, um grande “SOS” desenhado na neve atrás dele.

De acordo com o canal de TV CNN, nas semanas após o incêndio, Tyson sobreviveu com comida enlatada e manteiga de amendoim, dormindo em um abrigo improvisado que ele construiu próximo de uma fogueira.

O homem vive em sua fazenda em uma região remota do Alasca, a cerca de 32 quilômetros de Skwentna, desde setembro. Ele descreveu sua casa como um barracão Quonset – uma estrutura leve, coberta de lonas plásticas – que ele comprou de um veterano do Vietnã.

Causa do incêndio
Tyson admitiu aos soldados que o incêndio resultou de um erro. Com pressa de acender o fogo, enfiou um pedaço grande de papelão no fogão a lenha. Ele acredita que um pedaço de papelão flamejante saiu da chaminé e caiu no telhado.

O homem acordou no meio da noite em 17 ou 18 de dezembro – ele não conseguia se lembrar da data exata, disseram os soldados – e ouviu o plástico derretendo vindo do telhado.

Ele começou a pegar tudo o que podia, incluindo cobertores e um rifle, mas sua verdadeira prioridade era seu cachorro, um labrador de 6 anos, Phil.

Ele ordenou que Phil saísse e, quando pulou da cama, Tyson pensou que o cão havia saído de casa.

Mas quando o Tyson saiu, ouviu Phil uivar dentro de casa. “Eu estava histérico… Não tenho palavras para que tristeza; foi apenas um grito visceral – sem raiva, sem tristeza, assim, é tudo que eu pude expressar – apenas gritar.”

Escrevendo SOS na neve
Em meio a dor, Tyson também tinha que pensar em uma planos de sobrevivência. Ele juntou os alimentos que restaram e ele tinha um telefone “ruim” que ele usava para conversar com amigos e familiares, mas as autoridades disseram que o aparelho estava perdido no incêndio. Então, ele esperou que alguém pedisse uma verificação do estado dele.

Estava tão frio, ele disse, que sua urina congelava em um balde perto do fogo depois de alguns minutos.

Finalmente, cerca de 20 dias após o incêndio, Tyson viu o helicóptero das tropas estaduais do Alasca acima dele.

Agora, o norte-americano planeja voltar para casa em Salt Lake City, em Utah, onde mora sua família.


Fonte:Gooutside





Últimas notícias

Carregando...

Notícias relacionadas

Carregando...
Carregando...