Publicidade
Publicidade

09/05/2022 16:30h - Tailândia - Mundo

Tailandês crema sua esposa após 21 anos com cadáver em casa

Tailandês Charn Janwatchakal (Foto: Reprodução/Facebook)

Um tailandês de 72 anos de idade cremou o corpo de sua esposa depois de viver com seus restos mortais por 21 anos. Na semana passada, Charn Janwatchakal solicitou a assistência da Fundação Phet Kasem Bangkok, na capital da Tailândia, para cremar sua esposa. Ela morreu em decorrência de uma doença congênita em 2001, informou o jornal britânico The Daily Mail. O corpo da mulher morta estava em um caixão no quarto em que o idoso dormia. Ao longo dos anos, enquanto dividia o cômodo com sua esposa morta, Janwatchakal falou com ela como se estivesse viva. Como o tailandês havia registrado a morte dela, nenhuma ação legal foi tomada contra ele. O casal morava com os dois filhos, mas ambos se mudaram porque discordaram da decisão do pai de manter o cadáver em casa.
Publicidade

Fonte: YAHOO

Publicidade

Notícias relacionadas

Publicidade