Publicidade
Publicidade

20/07/2022 06:40h - Kiev - Mundo

Zelensky critica neutralidade de Bolsonaro na guerra

Em entrevista à Globo, presidente da Ucrânia relatou conversa com o brasileiro na segunda (18) e disse ter pedido que ele se posicione contra invasão russa.

Em entrevista divulgada pelo Jornal Nacional nesta terça-feira (19), o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, criticou a “neutralidade” de Jair Bolsonaro diante da invasão de seu país pelas tropas da Rússia. Zelensky relatou sua conversa telefônica com o brasileiro na última segunda-feira (18), a primeira desde o início da guerra, em fevereiro: “Sou grato a ele por essa conversa”. “Eu não apoio a posição dele [Bolsonaro] de neutralidade”, prosseguiu o presidente ucraniano. “Vamos pensar sobre a Segunda Guerra Mundial. Muitos líderes ficaram neutros num primeiro momento”, prosseguiu Zelensky, acrescentando que essa postura ajudou o fascismo a se expandir na Europa. O ucraniano também criticou pretensões a “mediar” o conflito. “Mediador de quê? A guerra não é entre Ucrânia e Rússia, é entre a Rússia e o povo ucraniano”. Zelensky afirmou ainda ter dito a Bolsonaro: “Preciso de uma posição do Brasil”. “Temos o mesmo sentimento”, continuou ele, referindo-se aos povos brasileiro e ucraniano. “Só queremos viver e respeitar as leis, trabalhar e alimentar nossos filhos; isso nos faz humanos.”
Publicidade

Fonte: Oantagonista

Publicidade

Notícias relacionadas