Rondônia, 28 de maio de 2020

NOTÍCIAS

31/03/2020 08:11

Porto Velho

Polícia Civil alerta população sobre aumento de crimes digitais em Rondônia

Polícia Civil alerta população sobre aumento de crimes digitais

Polícia Civil alerta população sobre aumento de crimes digitais em Rondônia

Infelizmente, estelionatários ultrapassam os limites da dignidade humana e mesmo em tempos de pandemia, cometem golpes, vitimando até os mais cuidadosos. Um golpe antigo, mas que sempre volta a ser executado é do amigo que pede dinheiro emprestado a partir da criação de perfis falsos em redes sociais.

O crime de estelionato está entre os que mais apresentam incidência em Rondônia. As ocorrências narram de clonagens de cartão de crédito, golpes em transações comerciais via site, como www.olx.com.br, entre outros, e agora pedidos de empréstimo por perfis falsos ou contas clonadas. Estes crimes podem ser evitados com redobrada atenção que já citamos e reforçamos, devido a maior utilização da internet em época de pandemia. Dentre as medidas de prevenção, estão:

Evitar a exposição da rotina cotidiana em redes sociais, pois eles são citados nas mensagens enviadas por perfis falsos, dando credibilidade ao receptor;

Confirmar se a pessoa que está pedindo empréstimo é de fato a conhecida. O que pode ser feito com uma ligação, antes da transferência. É relevante a confirmação, através de ligações, se possível e vídeo, anterior a transferência de valores. Esse pequeno cuidado pode evitar muita dor de cabeça.

Outra forma é a clonagem de chips e dados de celulares, por meio de aplicativos de mensagens. A orientação é não clicar em links de mensagem oriundas de fontes desconhecidas, principalmente as “de canais de banco”. Uma mensagem comum, com espião é: BB-Informa devido ao coronavírus (COVID-19) Fique sempre atualizado pelos canais digitais. Evite bloqueios http://covid-19.agenciavirtual.com. Nesse caso, o usuário não deve clicar neste link. Pois os bancos não pedem confirmação de dados via links. E depois, que o dinheiro é transferido, sua recuperação não é tão simples para a Polícia, pois em grandes partes, os autores são de outros estados.

Outra orientação é revisar periodicamente a lista de amizades na rede social para verificar se existem nomes que se repetem. “E também faça uma busca na rede pelo seu nome para garantir que não existe alguma conta falsa utilizando seus dados”.

Além de tomar esses cuidados, é possível mudar as configurações de privacidade da conta na rede social, evitando que os dados fiquem expostos a curiosos.

Denúncias

Quem perceber que teve a página no Facebook clonada pode denunciar via Delegacia Virtual, no site www.delegaciavirtual.ro.gov.br. Também é necessário reunir o máximo de informações a respeito dos criminosos. “O favorecido da conta bancária passada pelo golpista, por exemplo, já pode ser o primeiro indiciado no processo.” “Desconfie de abordagens em portas e banco nas quais o indivíduo pede para receber um valor por meio da sua conta. Você pode ser participante de um crime sem saber”.


Fonte:PC



Polícia Civil alerta população sobre aumento de crimes digitais em Rondônia


Últimas notícias

Carregando...

Notícias relacionadas

Carregando...
Carregando...