Publicidade
Publicidade

04/08/2022 20:48h - Porto Velho - Política

Cassol anuncia pré-candidatura ao governo de Rondônia após obter liminar do STF

Liminar favorável ao ex-governador e ex-senador Ivo Cassol, a decisão pode colocar Cassol em condições de elegibilidade.

O Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Nunes Marques emitiu no final da tarde desta quinta-feira, 4, liminar favorável ao ex-governador e ex-senador Ivo Cassol, decisão esta que pode o colocar em condições de elegibilidade para apresentar seu nome ao PP como candidato ao Executivo nas eleições deste ano. A defesa de Cassol havia entrado com o pedido de Revisão Criminal, com tutela de urgência incidental para que fossem suspensos os efeitos de inegibilidade decorrentes da condenação penal relativa a um processo contra ele, até o julgamento de mérito da revisão criminal. Na petição também é reiterada a ausência de dolo no processo que o condenou por suposta improbidade administrativa, e reiterado também a questão do prazo final das convenções partidárias, frisando que Ivo é sim pré-candidato ao governo de Rondônia e amanhã, 5 de agosto, é a data limite para a realização das definições de candidaturas. O Ministro entendeu que há razoabilidade nas argumentações apresentadas e concedeu pedido cautelar “a fim de suspender os efeitos remanescentes da condenação penal, até o julgamento da presente Revisão Criminal”. Na prática isso significa que Ivo Cassol poderá apresentar seu nome na convenção que o PP realiza nesta sexta-feira 5 em Rolim de Moura como candidato ao governo. O próprio Ivo Cassol anuncia aos rondonienses a novidade, que vai mexer profundamente com o cenário da sucessão estadual, em vídeo postado há poucos minutos nas redes sociais. Assista:
Publicidade

Fonte: Extraderondonia

Publicidade

Notícias relacionadas