Rondônia, 16 de fevereiro de 2020

NOTÍCIAS

17/12/2019 07:07

Porto Velho

Cabral vai fazer delação premiada, se o STF deixar. Já tem gente comprando fraldão!

Opinião de Primeira por Sérgio Pires

Cabral vai fazer delação premiada, se o STF deixar. Já tem gente comprando fraldão!

Há os que estão sem dormir por longos dias. Há os que estão vivendo à base de ansiolíticos, aquelas drogas, sintéticas ou não, usadas para diminuir a ansiedade e a tensão, com um efeito calmante, descobertas em 1950. Elas afetam áreas do cérebro que controlam a ansiedade e o estado de alerta, relaxando os músculos. E existem também os que já encomendaram fraldões, temerosos com o que poderão fazer nas calças, quando seus nomes forem citados. O pânico se espalha entre autoridades de vários escalões, incluindo alguns da Justiça Federal. Tudo isso porque o ex governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, um dos maiores ladrões já conhecidos em toda a História deste Brasil de tantos ladrões, está prestes a fechar um acordo de delação premiada. O pânico se espalha em vários setores, poderes, vários escalões, inclusive gente até agora intocada. É bom lembrar que em seus muitos depoimentos à Justiça e à Polícia Federal, Cabral já citou dezenas de políticos, todos beneficiários do esquema de corrupção montado em sua gestão no Rio de Janeiro. Sobrou também para membros do Judiciário. Entre os citados por Cabral estariam ministros do Superior Tribunal de Justiça e, por isso, o acordo depende da homologação do STF.

Sérgio Cabal foi um grande aliado do PT, de Lula, Dilma e todos os líderes daqueles partidos que dominaram o Brasil durante uma década e meia e, por pouco, não o jogaram num precipício sem fundo. Enquanto cerca de 13 milhões de brasileiros vivem no desemprego, graças à destruição da economia por uma política retrógrada e populista. Enquanto o povão sofria e vivia em desespero, Cabral e sua turma faziam fortunas, roubando o dinheiro suado dos trabalhadores. No acordo que ainda está sendo alinhavado, o ex governador/ladrão/ confesso, teria que devolver aos cofres públicos algo em torno de 380 milhões de reais! Não é exagero, não. É isso mesmo. Algo em torno de 100 milhões de dólares, o que é uma grande fortuna em qualquer lugar do mundo. Como um homem público pôde roubar tanto dinheiro, sendo eleito e reeleito e se tornado um dos mais populares políticos do país? Quando o peso da lei caiu sobre ele, Cabral sentiu o terror. Acabou condenado, até agora, a 267 anos de prisão. Teria que viver três vidas de mais de 70 anos para cumprir toda a sentença. Agora, quer receber benefícios e diz que vai entregar todos os que o ajudaram na roubalheira e também foram beneficiados. Há apenas um obstáculo para que a delação seja cumprida: ela depende do Supremo Tribunal Federal. A pergunta é óbvia: o STF permitirá que Cabral, conte tudo o que sabe?

COMÉRCIO: EXPECTATIVAS SUPERADAS

Há sim um clima de alto astral em relação ao comércio rondoniense neste Natal. Em Porto Velho, há lojistas correndo atrás de fornecedores, pedindo mercadorias de última hora, porque as que foram encomendadas já estão praticamente no fim. Os dois Domingões promovidos pela CDL (o primeiro na avenida Jatuarana, zona sul e o segundo no domingo passado, na José Amador dos Reis, zona leste, tiveram público e resultados de vendas acima das expectativas. Para o último dos três Domingões, que acontecerá neste próximo, na avenida Sete de Setembro, centro da cidade, a previsão é também de público recorde e vendas idem. O funcionalismo, que já recebeu seu 13° salário, ainda tem o salário de dezembro, previsto para cair na conta neste próximo dia 20. A Assembleia, que já pagou o décimo, deposita também os salários do mês nesta quarta. E a Prefeitura quita tudo com seus servidores até dia 20. Ou seja, tem ainda muito dinheiro para entrar no mercado e as vendas já estão acima do esperado.

DANIEL NA COVA DOS LEÕES

Final de ano, mas mesmo assim a política continua esquentando, porque a eleição para as Prefeituras vem aí. Em Porto Velho, além dos nomes que já estão há mais tempo no noticiário (Hildon Chaves, Léo Moraes, Mauro Nazif, Vinicius Miguel, entre outros) é inegável que Daniel Pereira surge, nesse pacote, como uma força importante. Haverá, na corrida pela Prefeitura, quando se chegar na reta final, pelo menos meia dúzia de nomes com chances reais. E ainda falta um nome do PSL, que pode ser o deputado estadual Eyder Brasil, mas que dependerá do sucesso da administração de Marcos Rocha, para consolidar sua candidatura. Se o partido do presidente Bolsonaro for registrado a tempo de entrar na disputa, virá com força, também, o deputado federal Coronel Chrisóstomo. Se Léo Moraes não entrar na briga, o Podemos vem com o jovem Guto Pellucio, cara nova na política. Vai ser daquelas disputas de arrepiar!

APROVADA RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS

A convocação extraordinária da Assembleia, pelo presidente Laerte Gomes, foi de grande importância para votação de projetos de interesses do Estado. Um deles, mais que todos: a renegociação das dívidas para com o Estado, através do programa REFIS. As matérias analisadas são de grande interesse, por exemplo, para os usuários que têm dívidas com o Detran. Também foram atendidos os interesses dos pequenos e médios comerciantes, que pediram apoio para garantir os benefícios fiscais e fechar o ano no azul. O deputado Laerte Gomes também fez intervenção junto ao Governo para aumentar o valor das dívidas que serão negociadas, chegando até 3 milhões e 600 mil reais. Pelo projeto aprovado, os interessados deverão aderir ao Programa de Recuperação de Créditos de ICMS da Fazenda Pública Estadual (Refis ICMS) até 90 dias após a publicação da norma. Os contribuintes enquadrados no regime normal de tributação poderão fazer parcelamentos de 12 a 180 parcelas com redução de até 85% dos juros e multas; os contribuintes enquadrados pelo Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições, devidos pelas micros e pequenos empresas (Simples Nacional) também poderão parcelar o débito de 12 a 180 vezes com desconto de até 90 por cento dos juros e multas Vários outros benefícios foram concedidos para as renegociações, incluindo as que envolvem IPVA e outras taxas do Detran. .

LIGAÇÕES CLANDESTINAS DE ÁGUA

Fraude não acontece apenas nas ligações clandestinas de energia elétrica e nos milhares e milhares de “gatos” que abundam não só em Porto Velho, embora aqui o número seja assustador, mas ocorrem igualmente em cidades do interior. A Caerd está também neste pacote de irregularidades, causadas por consumidores que simplesmente “roubam” água ou refazem ligações, quando o abastecimento é cortado por falta de pagamento. A estatal, que por suas dívidas monstruosas e pela falta de pagamento de milhares de usuários, está prestes a falir e se tornar totalmente inviável, busca um recuperação econômica. Com grande sacrifício, a atual diretoria da empresa tem conseguido alguns resultados bastante promissores. Agora, lança uma nova campanha contra a inadimplência e as ligações clandestinas. Oferecendo aos usuários uma série de benefícios, descontos e facilidades. Não será fácil. A Caerd vem sendo usada por políticos há anos e por isso praticamente quebrou. Pode se recuperar? Claro que pode, mas se o fizer, terá conseguido uma espécie de milagre. Conseguirá?

ROCHA E MORO: CONVERSA AO PÉ DO OUVIDO

Nesta última sexta-feira, o governador de Rondônia, Marcos Rocha foi uma das personalidades homenageadas com a Medalha de Honra ao Mérito Tamandaré, uma das mais importantes condecorações da Marinha Brasileira. O evento aconteceu em Manaus e várias personalidades receberam a honraria. Uma delas foi o ministro da Justiça e Segurança única, Sérgio Moro. No evento, Rocha e Moro ficaram lado a lado e conversaram várias vezes, sem que se soubesse o tema em pauta. Na cobertura especial que a TV Record nacional fez do encontro de Manaus, as câmeras flagraram, em diferentes momentos, a conversa ao pé do ouvido que ambos trocaram. É sempre bom lembrar que há uma relação especial entre Rondônia e Moro. Aqui ele fez uma das suas primeiras visitas oficiais, palestrou, foi homenageado e aplaudido de pé, por um auditório superlotado da antiga Ulbra, hoje São Lucas. Recebeu aqui também a Medalha Marechal Rondon, a maior condecoração do Estado. Recentemente, pelas redes sociais, Moro elogiou muito o Governador rondoniense, pela criação da Delegacia de Combate à Corrupção, uma das primeiras do país.

LICENÇAS AMBIENTAIS: GURGACZ NA LUTA

O senador rondoniense Acir Gurgacz, quer que o meio ambiente seja muito bem protegido, mas considera que há necessidade a aprovação imediata da Lei Geral do Licenciamento Ambiental, que servirá, quando oficializada, para dar um equilíbrio à preservação, mas, junto com ela, trazendo desenvolvimento à Amazônia. Num discurso em plenário, Acir pediu prioridade de votação ao projeto que cria a Lei Geral de Licenciamento Ambiental (PLS 168/2018) à presidente da Comissão de Constituição e Justiça, senadora Simone Tebet (MDB-MS). Na visão do parlamentar, ”já foram realizadas audiências suficientes e o relatório pela aprovação já foi lido, faltando apenas ser julgado pela CCJ”. Para ele, postergar a votação da matéria para fevereiro, conforme ficou agendado, é inviável. O projeto, explicou Gurgacz, estabelece normas gerais para o licenciamento de atividades ou empreendimentos utilizadores de recursos ambientais, efetiva ou potencialmente poluidores ou capazes, sob qualquer forma, de causar degradação do meio ambiente. A luta do senador pedetista de Ji-Paraná, nesse contexto, tem sido intensa. Um dos resultados das batalhas pelo crescimento da nossa região é a aprovação, pelo atual governo, do asfaltamento da BR 319, que nos liga a Manaus. Deve-se muito a Gurgacz essa grande conquista da nossa região.

BOLSONARO CONTESTA NOTÍCIAS INVENTADAS

Mais uma vez, não deu certo! Jornalistas desesperados, jamais preocupados com a notícia e com a verdade, mas sempre em defesa de suas convicções e a ideologia que todos conhecemos, criam factoides e depois tentam pressionar para que suas mentiras se tornem verdades. A invenção de que o presidente Jair Bolsonaro estaria pensando em demitir o ministro da Educação, provavelmente por sua coragem no enfrentamento ao domínio da esquerda na área da educação, foi o enésimo tiro que saiu pela culatra. No final de semana, enquanto jornais como a Folha de São Paulo e outros veículos que vivem de criar notícias contra o governo, alardeavam que Abraham Weintraub estaria na marca do pênalti, o presidente Bolsonaro dizia considerar a gestão dele a frente do MEC como “excelente!”. O repórter, inconformado, continuava insistindo sobre a possível demissão do ministro. Bolsonaro, certamente de saco cheio com o idiota, respondeu: ”você quer ser ministro? Então se candidate”. E acrescentou: “é incrível como todos os dias vocês anunciam mudanças no meu Ministério. Não terá mudança nenhuma!”. O vídeo com a conversa com jornalistas bombou nas redes sociais.

PERGUNTINHA

Você, que saiu à noite com sua família para ver a iluminação natalina de Porto Velho, que nota daria para a decoração da cidade feita pela Prefeitura no Espaço Alternativo e pelo governo, no Palácio Rio Madeira/CPA?


Fonte:Sérgio Pires





Últimas notícias

Carregando...

Notícias relacionadas

Carregando...
Carregando...