Rondônia, 20 de março de 2019

NOTÍCIAS

14/03/2019 07:30

Porto Velho

Os irmãos Carvalhos não saem do PSDB e Expedito Júnior diz que tucanos já estão de olho em 2020 e 2022

Opinião de Primeira por Sérgio Pires

Os irmãos Carvalhos não saem do PSDB e Expedito Júnior diz que tucanos já estão de olho em 2020 e 2022

Vamos explicar e, caso ninguém entenda, vamos desenhar: não há a mínima chance da deputada federal Mariana Carvalho e do seu irmão, o vereador Maurício Carvalho, deixarem o PSDB. Até poderia haver motivos para isso, já que ambos estão descontentes com alguns dos seus companheiros de Partido, incluindo os rumos da administração municipal do tucano Hildon Chaves, em Porto Velho. O problema é mais embaixo: caso o façam, ambos perderão seus mandatos, por infidelidade partidária. Isso mesmo! Está lá na legislação eleitoral, para quem quiser pesquisar. Que é verdade que os irmãos Carvalho andam desgostosos com algumas questões que envolvem o ninho tucano, é sim. Que eles já foram sondados várias vezes por gente de outros partidos, também. Mas é bom lembrar que tanto Mariana como seu irmão estão há longos anos no partido (ambos ingressaram no tucanato aos 16 anos); que são figuras proeminentes, já que Mariana é deputada federal e ainda a presidente regional e Maurício é um político em ascensão. Ambos já enfrentaram várias crises, mas nunca pensaram em deixar o PSDB. Maurício afirmou, por exemplo, que essa ideia jamais lhe passou pela cabeça. E que podia dizer o mesmo da irmã deputada. A verdade é que há sim, nesse momento, algumas questões que não estão bem fechadas, dentro do partido, Mas que os dois irmãos, bons de voto, não pensam em mudar de onde estão, isso também é real. O outro nome entre os que realmente decidem dentro do PSDB rondoniense, o ex senador Expedito Júnior, recém saído de uma dura disputa pelo Governo, também nega com veemência qualquer possibilidade de que seus companheiros deixem a sigla. “Tenho conversado muito tanto com a deputada Mariana quanto com o vereador Maurício. Posso dizer que nosso ninho está voando em céu de brigadeiro”, afirmou, ao comentar o assunto nessa quarta.

Expedito, contudo, lembrou que o PSDB já está de olho no futuro. E num futuro muito próximo: tanto em 2020, quando ocorrerão as eleições municipais, quanto para 2022, quando voltará à pauta política a corrida pelo Governo do Estado. O que existe isso hoje, na verdade?, pergunta Expedito. Ele mesmo responde: “existe sim um entendimento onde estamos alinhavando PR, PSD, PSDB e DEM num projeto para 2020 É lógico que estamos também olhando 2022. E PR, junto com o ex deputado Luiz Cláudio, estará fazendo parte dessa construção, desse projeto que nós estamos discutindo em conjunto. Afora disso, é só fofoca, conversa e não tem problema alguma dentro do PSDB”. Portanto, a conversa de que os irmãos Carvalho poderiam estar indo para o PR, não tem qualquer fundamento, ao menos agora. O que eles estão ajudando é o projeto de cooptar o partido de Luiz Cláudio para uma aliança, que visa as próximas eleições. Quem imaginava que a crise bateu no ninho dos pássaros de bico amarelo, errou. Nesse momento, há sim divergências, mas nenhuma ruptura. Ponto final.

O BRASIL CHORA CRIANÇAS MORTAS

A tragédia de Suzano, com o cruel assassinato de crianças indefesas, que estavam na sua escola aproveitando o horário da merenda, é daquelas que não se tem explicação, além de debitá-la na conta da loucura animalesca de alguns que se dizem humanos. Dois assassinos, jovens, transtornados, não se sabe ainda se drogados, enlouquecidos ou ambos, invadiram a escola e mataram oito pessoas, antes de cometeram suicídio. As mortes dos dois facínoras ficam apenas como registro, pois não farão falta à humanidade. Mas as das crianças e de um funcionário da escola, são perdas que jamais se esquecerá. Nessa sociedade doente que vivemos, em que jovens enlouquecem por várias razões e onde muitos se matam sem que se compreenda os motivos, os assassinatos de inocentes ainda são raros, ao menos no Brasil. Nos Estados Unidos fatos como esses ocorrerem seguidamente, principalmente envolvendo crimes hediondos em escolas, quando as vitimas não têm chance alguma de defesa. No nosso país, pode-se contar nos dedos casos assim. Mas cada vez que eles acontecem, seja onde for, o pânico se instala nas nossas cabeças. Como alguém consegue atirar numa criança? Como alguém que se diz da raça humana pode cometer crimes como esses? Resta o lamento e a certeza de que vivemos tempos assustadores, onde a morte ronda nossas casas, todos os dias e, agora, a escola dos nossos filhos. Inacreditável!

DEPUTADOS DÃO O TROCO À ANEEL

É inconstitucional, mas mesmo assim, a maioria dos deputados votou pela derrubada do veto do governador Marcos Rocha em projeto que cassava incentivos fiscais, tributários, logísticos, crédito presumido de ICMS nas aquisições de mercadorias interestaduais e autorização para uso de faixas de terras às usinas de Jirau e Santo Antônio e suas subsidiárias. Embora deva seguir a lei, a Assembleia é também um órgão político. Ou seja, os parlamentares consideraram que como Rondônia tem sido tratada com, desdém e desrespeito pela Aneel, usando como exemplo o aumento abusivo nas contas de luz pagas pelo consumidor no Estado, tem que haver algum tipo de retaliação, mesmo que não se confirme mais à frente. Os deputados estaduais querem marcar presença e dar um aviso: aqui não é terra de ninguém. As imposições vindas de Brasília, sem que tenhamos sequer chance de renegociação, estão mesmo irritando nossos representantes políticos. A decisão desta quarta, com 17 votos pela derrubada do veto do Governador; quatro contrários e uma abstenção, deixa claro que a grande maioria do parlamento estadual vai comprar a briga. Nesta e em outras ocasiões em que nos empurrarem goela abaixo sacanagens como essa de acrescentar à conta de energia, em pouco tempo, praticamente 33 por cento de aumento. Pau neles, deputados!

CONFRONTO E DESAFIO À JUSTIÇA

Agentes penitenciários decidiram desafiar a Justiça e manter a greve, que já foi considerada ilegal pelo desembargador Roosevelt Queiróz, do Tribunal de Justiça do Estado, que concedeu liminar sobre o assunto. O Sindicato recorreu, mas até agora não há nova decisão e, portanto, continua valendo o que foi determinado pelo Magistrado. A presidente do Singeperon, Daiane Gomes, diz que a entidade recorreu da decisão e, enquanto o recurso não for julgado, a greve está mantida. Amparado legalmente, contudo, o Governo decidiu abandonar as negociações do que ele chama de aumento e que os agentes chamam de “realinhamento” salarial. Depois da deflagração da greve, que busca atingir 100 por cento da categoria, segundo a presidente Daiane, a secretária da Sejus, Etevilna da Costa Rocha, paralisou todas as negociações com a categoria, que estavam em andamento. Um novo estudo sobre o assunto seria apresentado no início da semana, mas como o Singeperon anunciou a greve geral, o Estado se retirou da mesa de negociações. Os agentes chegaram a ameaçar dormir na Assembleia Legislativa, esta semana, para exigir intervenção do parlamento na questão, mas acabaram não cumprindo a promessa. O caso está longe de terminar. Os dois lados estão intransigentes e a questão será decidida, ao que tudo indica, somente nos tribunais.

ROCHA VOLTA A VOAR

Na semana passada, a coluna antecipou, com exclusividade, que o governador Marcos Rocha tinha decidido voltar a voar pelo Estado, já que a economia que estava pensando em relação a viagens aéreas poderia causar mais danos a ele e ao Estado do que o valor que não seria gasto. Além disso, o Governador queixava-se a pessoas mais próximas que estava saudoso do contato com o povo. Não deu outra. Depois de uma renegociação com a Rima, a melhor e mais respeitada empresa aérea de toda a região, Rocha voltou aos ares e à terra interiorana. E voltou em alto estilo. Conversou com vários deputados, visitou autoridades, andou pelas ruas, foi abraçado e abraçou. Participou também da abertura do 1º Encontro de Turismo de Rondônia”, em Ouro Preto do Oeste, fez várias visitas e ouviu muitas reivindicações. Em início de governo e com a popularidade ainda em alta (embora já exista uma forte oposição se formando e distribuindo farpas e duras críticas em parte da mídia), Rocha quer repetir a dose. Vai onde o povo está, como diz a canção de Milton Nascimento. E, ao mesmo tempo, reafirma uma parceria com a Rima, uma das empresas mais sérias, dignas e que há longos anos participa do crescimento do Estado.

CAPITAL PRECISA DE UMA CEASA

Presidente da Comissão de Indústria, Comércio e Tecnologia da Assembleia, o deputado Chiquinho da Emater já deu seu primeiro e importante recado: pede a criação urgente de uma Ceasa em Porto Velho. Levantamento do Governo estadual aponta que cerca de 70 por cento dos produtos e hortifrutigranjeiros comercializados na Capital, vem de fora da cidade. Com uma Ceasa – alega Chiquinho - quem produz aqui vai vender aqui, diretamente ao consumidor, proporcionando preços melhores e tendo um bom retorno financeiro da sua produção. Membros da comissão, os deputados Aélcio da TV e Pastor Alex também aprovam a iniciativa. CEASA é a sigla para Centrais Estaduais de Abastecimento. As Ceasas são empresas estatais ou de capital misto (público e privado), destinadas a aprimorar a comercialização e distribuição de produtos hortifrutigranjeiros. Hoje, a grande parte das frutas, legumes, e flores comercializadas em feiras, supermercados, restaurantes e sacolões foram por eles compradas através das Ceasas. O produtor agrícola envia caminhões com suas produções à Ceasa. As bancas vendedoras da Ceasa vendem os produtos aos compradores (varejistas) e repassam o valor de venda aos produtores rurais, ficando com uma comissão sobre o total comercializado. O preço final pode cair em até 35 por cento em relação ao preço do varejo. O assunto vai andar na Assembleia, a partir de agora. Espera-se que o Governo “compre” a ideia.

JUÍZES HOMENAGEIAM AS MULHERES

Os magistrados rondonienses estão homenageando o mês da mulher com vários eventos, incluindo um diário, via redes sociais, em que destacam o trabalho de mulheres que são juízas. Já nesta sexta, dia 15, ocorrerá um seminário para debater os temas relacionados com as mulheres e, obviamente, homenageá-las. “Mulheres na atualidade: conquistas e desafios” é o tema do evento que será realizado no auditório do Tribunal de Justiça do Estado, a partir das 10 horas da manhã. É aberto ao público e terá como uma das suas atrações, a presença a atriz Aline Jones, da série da HBO “O Negócio”. Sucesso em todo o mundo, a atriz vai contar um pouco da sua história e do seu sofrimento, quando foi vítima de assédio em seu trabalho e em sua vida pessoal. A palestra dela será sobre “A violência sexual contra a mulher como ato de consumir um corpo coisificado” e, certamente, será um dos destaques do encontro. O presidente da Associação dos Magistrados de Rondônia, desembargador Alexandre Miguel e a vice presidente, a juíza Inês Moreira da Costa, assinam o convite para o importante seminário. Imperdível!

PERGUNTINHA

Você ainda tem esperança de que possa diminuir o abusivo aumento na sua conta de energia elétrica, com ações de nossos representantes políticos e de medidas judiciais ou já desistiu e acha que não tem mesmo jeito a não ser pagar o aumento que pode chegar a 32 por cento?


Fonte:Sérgio Pires





Últimas notícias

Carregando...

Notícias relacionadas

Carregando...
Carregando...